Aciai se reúne com empresários para debater sobre a Rua da Cidadania

Na manhã de terça-feira (27), a Associação Comercial e Empresarial de Irati (Aciai) reuniu integrantes da sua Diretoria e empresários alocados nas proximidades da Rua da Cidadania Frei Jaime. O assunto em pauta foi a revitalização da travessa a fim de promover a circulação de pessoas no local.

O presidente da Aciai, Elias Mansur, destacou que o calçadão ao realizar o fechamento da rua, também influencia na não circulação de pessoas, o que interfere no comércio das proximidades. “Vemos que além desta questão comercial, também tem a situação da segurança, visto que temos a instituição financeira Sicoob que fica na travessa, e ainda o Banco Itaú”, relata Mansur.

Além da movimentação de pessoas, alguns comerciantes também levantaram a questão de que os eventos realizados no local prejudicam o fluxo de pessoas. “Nos eventos no final do ano aconteceu o inverso do proposto. As pessoas não entravam na loja, logo que começavam os shows as pessoas se aglomeravam na entrada e os clientes não chegavam”, conta a empresária, Schaiane Penteado, que tem uma loja no calçadão.

O morador da única residência que tem na travessa também compartilha da mesma opinião. “Eu acompanho todos os eventos que são realizados ali, e sou totalmente contra. Acho que não fogem totalmente do proposto que é ser voltado a famílias e promover a movimentação do comércio”, opina.

A empresária Ana Paula Canesso, comenta que em seu empreendimento que fica no calçadão, os clientes não utilizam tanto a sede para contratar os seus serviços. “Mas, se precisasse de público, com certeza ali não seria o local que escolheria, por que não tem movimento. A ideia inicial proposta de fazer a Rua da Cidadania tinha um projeto maravilhoso e que traria a movimentação de pessoas. O problema é que quando executaram fizeram outra ideia a que apresentaram”, menciona Ana.

PROPOSTA

A decisão que foi tomada entre os presentes na reunião da Aciai é que será encaminhada à Comissão de Trânsito e a Prefeitura de Irati, um documento sobre a viabilidade da abertura da Rua da Cidadania, com o objetivo de promover uma revitalização e mobilização de pessoas no espaço.

A proposta é de que seja aberta apenas um sentido da via para trânsito de veículos, e também, deixar um espaço para estacionamento. As poucas, mas significantes mudanças, pretendem trazer os resultados de mais trafego e circulação no local. A iniciativa, também sugere que os eventos sejam realizados em outro local, mas amplo e com infraestrutura adequada para a recepção de pessoas, como banheiros e espaço para comerciantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *