Criação de Polo Industrial Regional é debatida na Aciai

Diversas lideranças estiveram reunidas na manhã desta terça-feira (12), na Associação Comercial e Empresarial de Irati (Aciai), para debater sobre a criação de um Polo Industrial Regional. A proposta é que a iniciativa seja instalada nas proximidades da área do Iapar (pertencente ao Governo do Estado), que fica localizado entre os municípios de Irati e Fernandes Pinheiro.

“Fomentamos todas as ideias positivas e que venham para impulsionar o desenvolvimento econômico de Irati e região. Por isso, a Aciai é parceira de todas as iniciativas que tenham como foco a geração de renda e oportunidades para empresários e a comunidade em geral”, destaca o presidente da Aciai, Oscar Muchau.

O deputado estadual, Marcio Pauliki, é presidente da Comissão de Indústria, Comércio, Emprego e Renda da Assembleia Legislativa, a qual está desenvolvendo o projeto do Polo Industrial Regional no estado. “Essa ideia surgiu em uma reunião na Aciai há algum tempo atrás, hoje ela está ganhando força e deve ser estendida para diversas regiões produtivas no estado do Paraná”, comenta Pauliki.

Ele cita que o principal objetivo é impulsionar o desenvolvimento regional. “Nosso intuito é descentralizar a geração de emprego e renda no Paraná, mas para isso precisamos criar condições apropriadas para a instalação de novas indústrias. E às vezes essa conquista é inviável para um município pequeno, mas quando falamos em potencial regional, fica mais fácil a atração de investimentos”, argumenta o deputado.

Antonio Laroca Neto, que é um dos responsáveis pelo projeto do Polo Industrial Regional no estado do Paraná, destaca que a iniciativa tem o objetivo de impulsionar as características e peculiaridades produtivas regionais.

“Hoje, qualquer indústria escolhe um local para investir baseado em dois fatores, ou proximidade do mercado consumidor, ou proximidade da produção da matéria prima. Devemos criar condições atrativas para investimentos que tenham a peculiaridade regional”, defende Laroca Neto, que aponta como um dos principais pontos positivos – na regional Centro-Sul, a localização da área para o Polo ser próxima a BR 277, o que facilita o escoamento da produção.

Ele conta que os municípios abrangidos pelo projeto são Irati, Fernandes Pinheiro, Rio Azul e Teixeira Soares. “A iniciativa prevê a distribuição de ICMS, onde 35% seriam para Fernandes Pinheiro, 35% para Irati, e o restante, 30% divididos igualitariamente entre, Imbituva, Rio Azul, e Teixeira Soares”, explica Laroca Neto.

O projeto do Polo Industrial já está em andamento na região de Tibagi, e agora inicia os trâmites na região de Irati. A intenção é que a iniciativa seja implantando também nas regionais de União da Vitória, Arapoti, entre outras.

LIDERANÇAS

Estiveram presentes na reunião, os prefeitos de Irati, Jorge Derbli, de Fernandes Pinheiro, Cleonice Schuck, de Rio Azul, Rodrigo Solda e de Inácio Martins, Junior Benato, que também é o presidente da Associação dos Municípios da Região Centro-Sul (Amcespar).

“Precisamos somar forças para atrair recursos para nossa região, principalmente em projetos como esse, que tem o objetivo de trazer mais qualidade de vida à população dos nossos municípios, através da geração de emprego e renda”, observa Benato.

A equipe do Iapar também esteve presente no encontro com as lideranças e expôs sobre as diversas atividades e ações técnicas realizadas na Fazenda do Iapar, entre elas, a pesquisa e desenvolvimento de sementes com alta qualidade genética, as quais são distribuídas para todo o Paraná. As ações do Iapar são realizadas em parceria com instituições como o IFPR e Unicentro, as quais lideranças representativas também estiveram presentes na reunião.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *