Banco do Brasil anuncia nova redução de juros para empresas

Enquanto cresce a tensão entre a presidente Dilma Rousseff e a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) pela tentativa do governo federal de reduzir juros de empréstimos, o Banco do Brasil acirra a disputa com o anúncio nesta quarta-feira de uma nova redução de juros para empresas. A estratégia da equipe econômica de Dilma é usar os bancos públicos para forçar o setor privado a baixar os encargos de financiamento.

As novas medidas vão baratear os empréstimos para micro e pequenas empresas. Duas linhas de capital de giro tiveram o juro reduzido. A taxa mínima da modalidade BNDES Capital de Giro Progeren caiu de 0,96% ao mês para 0,89% ao mês. Já a linha BB Capital de Giro Mix Pasep teve a taxa mínima diminuída de TR (taxa referencial) mais 2,14% ao mês para TR mais 0,99% ao mês (taxa total equivalente a 1,01% ao mês), o que representa uma queda de mais de 53% nos juros.

Outras medidas de incentivo ao crédito para empresas vão vigorar somente no mês de maio. O tipo de crédito conhecido como antecipação de recebíveis (cheques pré-datados, duplicatas ou cartões de crédito a receber) ofertará capital de giro com juros a partir de 1% ao mês, com taxa média de 1,3% ao mês.

Até o final de junho, os empresários que utilizarem as duas principais linhas de capital de giro terão carência no pagamento de até três parcelas nas novas liberações de crédito.

Também só até o fim de junho, o banco oferecerá capital de giro com taxas a partir de 0,89% ao mês e pagamento em até 60 meses para clientes quitarem empréstimos feitos em outras instituições financeiras, com carência de seis meses para pagar primeira parcela da operação.

Fonte: Yahoo.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *