Yazaki: valoriza funcionários

A empresa que mais investe na qualidade de vida de seus funcionários

Com corpo funcional que emprega 1625 colaboradores diretos, a unidade da Yazaki Autoparts do Brasil Ltda em Irati é uma das empresas que mais investe em qualidade de vida para seus funcionários. No último sábado (22), um almoço de confraternização marcou a premiação dos 30 colaboradores que mais se destacaram no Programa Prata da Casa, que valoriza e incentiva os empregados com maior rendimento, considerando indicadores como produção, eficiência, absenteísmo (faltas ao trabalho) e OLS, uma normativa da fabricação dos chicotes elétricos produzidos pela empresa.
O setor de recursos humanos da Yazaki, administrado pela gestora de RH Rosangela Resende, se esmera na melhoria contínua de seu pessoal, a fim de atender e propiciar o desenvolvimento de todos os seus colaboradores, fato evidenciado através de sua participação em decisões estratégicas da organização e ao tratar os colaboradores como criadores de valor e não como geradores de custos. Outro ponto que ressalta esse aspecto é a constante capacitação pela qual o funcionário deve passar.
Projetos

As boas ideias também são valorizadas: entre os projetos que se destacaram no Círculo de Controle de Qualidade (CCQ) da Yazaki em 2011, a equipe Fênix foi premiada ao sugerir a reutilização dos pallets de madeira. Os colaboradores receberam um prêmio que abrange empresas de todo o Mercosul e em breve embarcam para o Japão para representar a empresa e apresentar esse projeto de sustentabilidade.

A Yazaki também investe fortemente em qualificação profissional, dentro de um modelo de educação corporativa, treinamento e desenvolvimento para estimular o crescimento pessoal e profissional, que abrange desde a oferta da escolarização para jovens e adultos (EJA), até a concessão de bolsas para cursos técnicos, graduação, pós e aulas de idiomas, com valores que variam entre 60 a 80% dos custos.
As equipes passam por constante aperfeiçoamento, que não inclui apenas a parte técnica, mas se estende também aos investimentos em competências comportamentais, como a cooperação, assertividade, comunicação e administração de conflitos. Cada colaborador recebeu, em média 4,25 horas de treinamento em 2010, média que subiu para 5,88 no ano passado. Os treinamentos se dividem em atualização – especialmente no trato de novas tecnologias; desenvolvimento profissional – aplicado no preparo para uma nova função; e desenvolvimento ambiental – treinamento que contribui para manter o Sistema de Gestão Ambiental.

Centro de Capacitação

O Centro de Capacitação da Yazaki treina e qualifica seus profissionais para produzirem chicotes elétricos para veículos, que atendam aos mais altos padrões de qualidade do mercado. Criado em 2003, é considerado um modelo de Centro de Treinamento. Em 2006, acionistas da Arnecon o elegeram o melhor sistema de treinamento do grupo Yazaki, conquista que se deve a constante evolução do método, como por exemplo nos anos de 2006 e 2007, em que a supervisora de treinamento do centro de capacitação na época, esteve no Japão para adequar a metodologia de treinamento.
A Renault do Brasil, maior cliente da Yazaki de Irati, considera o sistema de treinamento Yazaki como modelo para seus colaboradores. É considerado o melhor centro de desenvolvimento do Mercosul desde 2009 e, no ano seguinte, reconhecido mundialmente pela Yazaki japonesa.
Em 2011, a Yazaki foi premiada como a melhor do Paraná entre as empresas de grande porte; o Prêmio SESI de Qualidade no Trabalho também concedeu premiação como a melhor em INOVAÇÃO NO ESTADO DO PARANÁ.

Recrutamento

A gestora do RH destaca a política de recrutamento interno exercida pela Yazaki e adotada em poucas empresas: quando uma vaga fica ociosa, ocorre uma busca primeiramente dentro da própria organização pelo profissional apto a ocupá-la. “Um operador de produção, por exemplo, pode ser transferido para o setor de qualidade, logística ou engenharia, ou mesmo para qualquer outro setor da empresa, desde que ele cumpra os requisitos”, explica Rosangela.
Qualidade de vida
A responsável pelo gerenciamento de Recursos Humanos considera essa área crucial e ampla, pois envolve a motivação profissional e pessoal. Segundo ela, abrange desde a partida do funcionário para o trabalho, pois a empresa oferece transporte que vai buscá-lo e levá-lo em casa e disponibiliza segurança aos seus trabalhadores desde a portaria. A alimentação saudável é outro cuidado adotado: o colaborador recebe alimentação balanceada, com cardápio desenvolvido por uma nutricionista.
Segurança

Além disso, a Yazaki dispõe de acompanhamento ambulatorial para seus funcionários, com a presença de um médico todos os dias na empresa, além de técnicos de enfermagem capacitados para atender a qualquer emergência. O cuidado com a saúde dos trabalhadores também se estende ao convênio firmado com a Unimed, na cobertura de consultas, exames e cirurgias e na oferta de seguro de vida a todos os funcionários.
E não para por aí: o programa Mamãe Yazaki desenvolve acompanhamento pré-natal das funcionárias em período de gestação, com acompanhamento clínico mensal. Já o programa Empresa Amiga do Peito: Yazaki Livre do Tabaco auxilia com a oferta da medicação gratuita no primeiro mês e participação em 50% no custeio dos três meses subsequentes para que o colaborador parar de fumar. Além da medicação, o profissional recebe acompanhamento, através de palestras que abordam temas ligados ao tabagismo.
Na prevenção de lesões geradas pelo esforço repetitivo, a Yazaki adota um sistema que inclui intervalos na rotina produtiva a cada duas horas, seja através de paradas para as refeições, seja para a execução da ginástica laboral, que acontece em duas sessões por turno. O colaborador também conta com uma sala de fisioterapia, inclusive com pilates e acupuntura. Ainda nesse âmbito, anualmente, a empresa organiza a Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho e Meio Ambiente, com palestras, concursos musicais e demais atividades diferenciadas a fim de envolver todos os funcionários.
Responsabilidade socioambiental
A Yazaki incentiva a prática esportiva através da parceria com o SESI no programa Atleta do Futuro, desenvolvido nas escolas municipais. Como grande parte dos colaboradores possui filhos matriculados no CAIC, a empresa também contribui mensalmente com doações financeiras e outras necessidades pertinentes da instituição e realiza eventos para as crianças em datas específicas como Páscoa, Dia das Crianças e Natal.
Preocupada com a preservação do meio ambiente, a empresa destina materiais para reaproveitamento. Por exemplo, motores sucateados são oferecidos para utilização em aulas práticas de cursos do SESI/SENAI. Jalecos que não são mais utilizados são doados ao Provopar, que recicla o tecido e o transforma em aventais, chinelos, jogos de banheiro, tapetes, bolsa e artesanato em geral e vende em bazares. A política de prevenção ao impacto ambiental fez a empresa ser certificada, em 2001, com o ISO 14001:2004, norma que certifica as empresas ambientalmente responsáveis
A inclusão de pessoas com deficiência (PCD) é visada pela organização: “Como na região não temos muitas pessoas nessa situação no mercado, firmamos um programa com o SENAI de Itu (SP), que fará o levantamento e cadastro de todos os portadores de deficiência da região”, acentua Rosangela.
O projeto Depende de Nós, desde 2006, objetiva sensibilizar os colaboradores e estimulá-los ao voluntariado social. De olho no futuro, a Yazaki oportuniza a jovens entre 16 e 18 anos a formação profissional na condição de aprendizes no programa Jovens Talentos. Conheça a Yazaki e venha descobrir por que vale a pena trabalhar aqui.

Texto: Edilson Kernicki, da Redação
Fotos: EK e Divulgação
Publicado na edição 603, 25 de janeiro de 2012, DO JORNAL HOJE CENTROSUL

3 thoughts on “Yazaki: valoriza funcionários

  1. Luiz

    Conversa mole trabalhei na yazaki aqui de Santo Antônio da Platina e eles não valorizam funcionários coisa nenhuma muitos trabalham feito escravos a liderança e péssima muitos funcionários tem que fazer duas três coisas e eles não querem nem saber se vão dar conta ou não a melhor coisa que pode acontecer e o funcionario arrumar um lugar melhor do que essa empresa que pouco se importa com seus operadores…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *